Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca dos Desenhos Animados

Blogue de divulgação e busca de Desenhos Animados

Blogue de divulgação e busca de Desenhos Animados

Biblioteca dos Desenhos Animados

01
Ago20

Fim

Brincava com o barro saboroso que nos faz parecer que nossas mãos saboreiam um delicioso bolo de chocolate, aparece Sócrates o cão deixando-me em êxtase: os desenhos animados existem mesmo! Começa a falar comigo e eu apesar de ter toda a admiração e espanto em cima de mim consigo responder-lhe de forma não incoerente. Ele perguntou-me se eu queria dar um passeio e eu obviamente que aceitei. Explicou-me por palavras muito simples o que eram os bosques, as árvores e os frutos e com isto o tempo foi passando como se escondido estivesse, disse-me adeus e que quando quisesse iria visitá-lo ao Jardim da Celeste.

            Fui para a cama sem nunca deixar de sorrir pois tinha-me apercebido que o mundo consiste em várias cenas de felicidade. Adormeci sem expetativas do que poderia vir dos sonhos pois a vida real já é um sonho, a meio da noite acordei como se tivesse dormido um dia inteiro, olho para a janela e vejo as três irmãs à minha espera, vou logo ter com elas à velocidade da luz, convidam-me a ir fazer uma viagem com aquelas maneiras carinhosas e fofinhas que só elas têm, e corro de mãos dadas no meio delas, elas vão trocando de lugar para que eu possa dar a mão às três. “Vamos a um sítio encantado!” eu poderia perguntar “como?” mas ontem com o Sócrates aprendera que tudo é possível, portanto vivo neste momento sem questões, apenas vivo! E aparece-me a Carrinha Mágica com a Frizadinha e os seus alunos, estou tão excitado, eu e as três irmãs entramos e a carrinha viaja para o espaço depois volta, encolhe para entrar na Terra e quando lá chega aumenta de novo e a Frizadinha exclama “Peço desculpa malta, enganei-me no caminho!” e então fazemos uma viagem que não me cheguei a aperceber se saímos ou ficámos no planeta Terra.

            Chegamos a um sítio super encantado, as cores são vivas, só existem bosques coloridos que brilham através daquelas luzinhas cristalinas em forma de estrela, vê-se também altas montanhas e rios tão azuis, aparecem os personagens da Demanda do R saudando-me pela vinda a Fantasia, não acredito que vou conhecer ao vivo a terra dos meus sonhos. E foi assim uma viagem sempre acompanhada pela turma da Carrinha Mágica, pelas três Irmãs em Fantasia.

            Quando cheguei a casa já era de noite outra vez mas não me apeteceu dormir, e a caminho aparece o Doutor Cobaia e a sua Luvinha, eu abraço-os e como eles são fofos. Decidimos ir para o cimo duma colina e falamos sobre as estrelas e a noite, vejo uma estrela cadente e sorrio pois eu já tenho todas as estrelas cadentes dentro de mim.

            Acordo e apercebo-me que adormeci naquela colina, ao meu lado um bilhete que diz “Sempre que quiseres, vem ter ao meu laboratório, teus amigos Doutor Cobaia e Luvinha”. E não é que olho para o sol e é precisamente o sol dos Teletubbies?!!! “Hora dos Teletubbies! Hora dos Teletubbies!” Aaa esta voz, corro até ela e lá estão eles, damos as mãos neste país de coelhinhos, peço-lhes para comer uma bolacha Tubbie pois sempre tive vontade de experimentar e sabe tão bem, corremos e corremos pelo mundo Tubbie e finalmente chega a parte do dia em que nos deitamos, fechamos os olhos e a barriga deles que parece agora uma televisãozinha começa a levar-nos para um mundo encantado e onde eu acordo? No mundo Digimon! “O Verão começou, aventura mais inesperada, os nossos sete heróis, Mundo Digimon!!” Divirto-me imenso com eles, os digimons deles levam-me a voar e a andar em cima deles, chego ao fim do dia e estou cansado, todos nós vamos dormir e quando acordo não estou no mundo Tubbie mas sim novamente no meu quarto de manhãzinha. Tocam à campainha, desço velozmente as escadas e em baixo está um hamsterzinho fofinho de Era uma Vez um Hamster que tem ao seu lado uma poçãozinha, bebo-a e fico do tamanho dele e agarrado às suas costas leva-me a conhecer o bosque onde ele vive e convivo com a ratinha branca, o porquinho-da-Índia, o sapo, a tartaruga, o furão, o mocho… é tão mágico ser dum tamanho diferente, é como ver um mapa duma terra e depois ir a essa mesma terra. A certa altura caio num buraco interminável e eu não temo pois já aprendi que não há perigos no mundo. Quando finalmente aterro estou perante um combate Pokemon! Nem acredito no que estou a ver, emociono-me de tal maneira e aparecem o Ash, a Misty e o Brock, damo-nos logo bem e dou uma volta com eles no mundo Pokemon, acho que o meu corpo não aguenta tanta alegria e ela é tamanha que já nem sei como viver, é deixar-me levar despreocupadamente. Pelos caminhos conheço um Paras e ficamos logo amigos e é o meu primeiro Pokemon, e assim Ash, Misty e Brock convidam-me para me juntar a eles na sua longa e aventurosa viagem.

            E assim é o meu mundo, vivo no meio dos desenhos animados ao ponto de fazer parte deles. A minha aventura Pokemon dura para sempre. Sonhos fortes belos e fantásticos. A felicidade é viver num todo que dure para sempre.

Procura-se Desenho Animado

Em Busca(1)

Em Busca(2)

Em Busca(3)

Em Busca(4)

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D